BLOG PARA DIVULGAÇÃO DA LITERATURA RUSSA AOS FALANTES DE LÍNGUA PORTUGUESA.

Post Page Advertisement [Top]


Eu nos teus olhos me afogarei, posso?
No fim, afogar-se em teus olhos é uma felicidade
Me aproximarei e direi: "Olá,
Eu te amo". É complicado...
Não, não complicado, mas difícil
Muito difícil amar, acredita?
Eu subirei na beira de um penhasco
Vou cair, você me segura?
Bem, e se eu partir, você me escreve?
Eu quero estar com você por muito tempo
Muito tempo mesmo...
A vida inteira, entende?
Eu temo a resposta, sabe...
Me responda, mas em silêncio,
Responda com os olhos: me amas?
Se sim, então eu prometo
Que você será a mais feliz
Se não, então eu te imploro
Não me repreenda com o teu olhar,
Não me empurre com teu olhar num lamaçal,
Que você ame a outro, tudo bem...
Mas podes lembrar ao menos um pouquinho de mim?
E eu te amarei, posso?
Mesmo se não puder, eu vou!
E eu sempre virei ajudar
Se for difícil para você!



__________________________________

___________________________________

Я в глазах твоих утону, можно?
Ведь в глазах твоих утонуть - счастье.
Подойду и скажу: "Здравствуй,
Я люблю тебя". Это сложно...
Нет, не сложно, а трудно
Очень трудно любить, веришь?
Подойду я к обрыву крутому
Стану падать, поймать успеешь?
Ну а если уеду - напишешь?
Я хочу быть с тобой долго
Очень долго…
Всю жизнь, понимаешь?
Я ответа боюсь, знаешь....
Ты ответь мне, но только молча,
Ты глазами ответь, любишь?
Если да, то тогда обещаю
Что ты самым счастливым будешь
Если нет, то тебя умоляю
Не кори своим взглядом ,
Не тяни своим взглядом в омут
Пусть другую ты любишь, ладно…
А меня хоть немного помнишь?
Я любить тебя буду, можно?
Даже если нельзя, буду!
И всегда я приду на помощь
Если будет тебе трудно!


SOBRE O AUTOR:

ROBERT IVANOVICH ROJDESTVENSKIY (20/06/1932 – 19/08/1994) nasceu numa família militar na aldeia de Kosikha no Altai Krai. Seguindo o surto da Segunda Guerra Mundial, com ambos os pais no exército, ele viu-se no orfanato. Depois de se formar no ensino médio, ele frequentou a Universidade de Petrozavodsk, onde ele começou a escrever poesia (as primeiras foram publicadas em 1950). Ele saiu da Universidade a fim de frequentar o Instituto Máximo Górki de Literatura, que concluiu em 1956.
Ele trabalhou junto com Voznesensky, Yevtushenko, e Akhmadulina. Eles romperam com o Realismo Socialista, e escreveram poesias emotivas, líricas. A despeito disso, Rojdestvensky sempre foi cuidadoso em não criticar o governo, e assim permaneceu nos favores oficiais através das décadas de 1960 e 70, até mesmo recebendo o Prêmio Lênin em 1979. Rojdestvensky morreu em 19/08/1994 em Peredelkino. (Fonte: traduzido e adaptado da Wikipedia em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]